terça-feira, 10 de abril de 2012

Maio: Canal Max estreia "Inverno da Alma" e "Um Sonho de Amor"



Confira agora as estréias do canal Max para o mês de maio. Destacam-se "Inverno da Alma", com 4 indicações ao Oscar®, dentre eles a de Melhor Filme; "Um Sonho de Amor", indicado ao Oscar® de Melhor Figurino; e "A Caverna dos Sonhos Perdidos", um encontro da arte rupestre com a tecnologia em 3D.

"Um Sonho de Amor" estréia no dia 06 de Maio, às 22h. O patriarca da rica família Recchi decide nomear um sucessor para sua indústria. Surpreendendo a todos, ele divide o poder entre seu filho Tancredi e seu neto Edo. Mas Edo sonha abrir um restaurante com seu amigo Antonio, um bonito e talentoso chef. O drama começa quando a esposa de Tancredi, Emma (Tilda Swinton), se apaixona por Antonio, embarcando num tórrido romance que mudará a família Recchi para sempre.

"O Som do Ruido", novo filme dos diretores suecos Ola Simonsson e Johannes Stjärne, conta a história de um grupo deliciosamente louco de músicos igualmente loucos que fazem música ilegalmente usando objetos de várias instituições da cidade. O filme foi exibido no Festival de Cannes. "O Som do Ruido" estréia no dia 12 de Maio, às 22h40.

Já em "Ó Jerusalém" que estréia dia 03 de Maio, às 22h, a história é contada a partir dos pontos de vista alternativos dos Judeus, Árabes e Britânicos, todos eles colidindo na sua batalha pelo controle de Jerusalém. O filme baseado nos relatos históricos do romance bestseller "Oh Jerusalém", da autoria de Larry Collins e Dominique Lapierre, oferece um retrato rico de um conflito explosivo que ecoa, ainda, na situação que se vive no Médio Oriente dos dias de hoje.

Indicado ao Oscar® de Melhor Filme, "Inverno da Alma", que estréia no dia 20 de Maio, às 22h, conta a historia de Ree Dolly que aos 17 anos de idade embarca em uma missão para encontrar seu pai depois que ele usa a casa de sua família como forma de garantir sua liberdade condicional e desaparece sem deixar vestígios. Confrontada com a possibilidade de perder a casa onde mora com seus irmãos pequenos e precisar voltar para a floresta de Ozark, Ree desafia os códigos e a lei do silêncio arriscando sua vida para salvar sua família. Ela desafia as mentiras, fugas e ameaças oferecidas por seus parentes e dessa forma começa a juntar a verdade sobre seu pai.

Com um acesso sem precedentes e superando desafios técnicos consideráveis, Werner Herzog capturou em 3D o interior da Caverna Chauvet, no sul da França, onde foram descobertos centenas desenhos rupestres em 1994, e exibe no filme "A Caverna dos Sonhos Perdidos", que estréia no dia 27 de Maio, às 22h. O diretor revela um mundo subterrâneo impressionante, com pinturas que têm em média 32 mil anos de idade.

O Canal Max estréia em Maio o especial "Stieg Larssons: Millennium", que será exibido a partir do dia 05 de Maio, às 21h. O especial desvenda os segredos de tanto sucesso desta trilogia que marcou o mundo. Um deles é a forma original com que Larsson desenvolve a trama, conduzindo-a por variados aspectos da vida contemporânea: do universo muitas vezes corrupto do mercado financeiro à invasão de privacidade, da violência sexual contra as mulheres aos movimentos neofascistas e ao abuso de poder de uma maneira geral.

O canal também exibe o final de temporada da série "Crematório", no dia 04 de Maio, às 23h40. A série faz parte de um pacote completo de séries, que têm trama e produção fincadas na primeira fila da vanguarda da TV. A característica fundamental, já que se trata do Canal Max, é a inspiração em fatos históricos ou em textos literários. O canal iniciou sua nova "mania" com a série espanhola "Crematório", produção do Canal+, que segue fielmente os padrões da HBO e os caminhos literários de William Faulkner, que sem dúvida, estão no romance que inspira a série, original do escritor Rafael Chirbes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário